Notícias

Rodrigo Oliveira   I   20.05.2015   I   23:02:48

Tinta e tecido preservam história de Arantina e promovem interação na comunidade

Arte promove interação entre comunidade e estimula o surgimento de artista que encontram chances de novas oportunidades  para melhorar renda familiar

INFORMAÇÕES

PREFEITO:

FRANCISCO CARLOS FERREIRA ALVES

 

PARTIDO:

DEMOCRATAS

 

ADMINISTRAÇÃO:

2017-2020

VICE-PREFEITO:

CARLOS ADRIANO DE CARVALHO

 

ENDEREÇO:

RUA JUCA PEREIRA, Nº 31, CENTRO, ARANTINA, MINAS GERAIS, CEP 37.360-000

 

TELEFONE:

(32) 3296-1215

FUNCIONAMENTO:

SEGUNDA À SEXTA

08H ÀS 12H E 13H ÀS 17H

NOTÍCIAS ANTERIORES

Antiga estação ferroviária de Arantina ganha colorido vivo nos desenhos de cores vibrantes na visão das alunas do curso de pintura: possibilidades de registrar a história e os aspectos regionais do município, além de oferecer novas atividades ocupacionais.

Unir passado e presente, aproximar realidades distintas, estimular o respeito e a interação entre pessoas e despertar talentos. Claro que estas não são todas as propostas do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), de Arantina, ao promover atividades como o curso de pintura em tecido que aconteceu entre os dias 13 e 16 de abril.

 

Além dos objetivos já citados, a proposta incluiu também apresentar novas possibilidades de melhoria da renda familiar através de atividades ocupacionais saudáveis. Para a psicóloga Maria de Fátima Ferreira, uma das idealizadoras do curso que contou com onze alunas, o objetivo foi alcançado e a prova disso pôde ser vista nos belos trabalhos produzidos. "Nós temos no município famílias que pertencem a realidades um tanto diferentes. No curso, conseguimos aproximar estas famílias aumentando sua interação, além de mostrar a elas novas possibilidades, como os belos desenhos produzidos, que podem ajudar na renda da família", explicou.

 

Os benefícios, contudo, não se restringem somente aos alunos ou às suas famílias, mas a todo o município que tem a possibilidade de resgatar e difundir sua história e suas particularidades através dos desenhos. "A proposta que pensamos para este curso foi o resgate da cultura de Arantina através da pintura. Queríamos trazer a questão do que era próprio do município e registrar isso. Muitas vezes, as pessoas esperam achar as coisas prontas sem olhar em volta e perceber a riqueza do próprio lugar", explicou a psicóloga Maria de Fátima Ferreira.

 

Pelo visto, as alunas não só entenderam bem a proposta do curso, como também mostraram que possuem talento.